Tag: Se Você Fosse Um Livro...

28 de dezembro de 2012

   Oi, pessoal! Como vocês estão? Eu estou cheia de tags e Tops alguma coisa para postar aqui e hoje eu vou colocar o que a Aione do Minha Vida Literária deixou em aberto, o Se Você Fosse um Livro...


   A tag foi vista pela Aione com a Amanda, do canal Hey Hey Books do youtube e o pessoal estava respondendo em formato de vídeo, mas como eu expliquei aqui anteriormente, minha habilidade em gravar e editar um vídeo não são, hãã, excepcionais, acho melhor eu responder aqui no post mesmo haha Uma coisa que todos estavam com dúvidas é se a tag é para ser respondida com base na sua personalidade, com fatos de sua vida ou até mesmo se inspirando em algum livro que você gostaria de escrever. No meu caso, eu irei optar pela última, com um livro que eu gostaria de escrever, mas isso recebe influências também da minha personalidade, de qualquer forma, a opção dos "fatos de minha vida" está descartada, porque com os meus 17 anos, ainda não vivi muita coisa para escrever um livro. Vamos as perguntas então:

1. Qual formato seria? (novela, contos, romance, graphic novel etc)
Seria um romance, apesar de ultimamente eu estar escrevendo muitos contos, no fundo, no fundo, o que eu gostaria de escrever mesmo é algo maior, mais complexo e o que cabe dentro dessa possibilidade é o romance. Uma graphic novel também seria legal, mas eu não sou muito de desenhar, a verdade é que eu aprecio mais os quadrinhos como leitora do que ambiciono me tornar uma atora do estilo. 

2. Qual gênero seria? (fantasia, distopia, romance, etc)
Apesar de amar alguns estilos, como a distopia, por exemplo, eu sei que no momento eu não criaria uma estória boa com o gênero, logo, eu estaria transitando um pouco entre a fantasia e a ficção. Já tentei escrever alguma coisa de romance, mas acabou não dando certo e definitivamente não é o estilo em que me sinto confortável para criar algo.

3. Quanto da história seria ficção?
Uma parte considerável! O que eu mais adoro na ideia de ficção é realmente criar algo que não existe, que não é o comum, normalmente são livros assim que mais me atraem. Criar uma nova realidade e uma estória que se passa nela trás a ideia de algo novo e isso é importante para mim.

4. Seria um período de tempo longo ou curto?
Seria em um período curto, para mim, estória com períodos longos tem que ser incrivelmente boas, senão, acaba sendo um fracasso e eu prefiro não arriscar haha

5. Haveria um antagonista?
Claro! Considerando que eu tenho minha lista de antagonistas favoritos, seria algo obrigatório na minha estória aparecer algum filho de Deus que infernize a vida alheia.

6. Em que mundo seria? (o mundo atual ou feito por você)
Um mundo criado por mim, porque o atual é tão sem graça haha

7. Em que Era seria? (passado, presente ou futuro)
Se eu estivesse respondendo essa pergunta há algum tempo atrás, eu diria passado sem pestanejar, mas hoje eu confesso que eu estou gostando muito da perspectiva do futuro. O passado, querendo ou não, já possui um padrão e modificá-lo, para mim, o mundo passa a ser mais artificial, mas o futuro não, nele existe uma possibilidade de criação muito maior e isso é mais interessante para quem tem ideias mirabolantes.

8. Qual tipo de narrativa seria? (linear, alinear, cíclica, anacrônica, cronologia invertida)
Narrativa é algo complicado para mim, por enquanto a minha cabeça só funciona com narrativas lineares, até porque foram os poucos os livros que eu li com outros tipos de narrativa.

9. Qual seria a reviravolta da história?
Não sei, porque ainda não a comecei haha Mas assim como a Aione disse, não teria graça em contar. De qualquer forma, toda reviravolta tem que ser empolgante e se eu escrevesse um livro, eu tentaria ao máximo deixá-la dessa maneira.

   Espero que vocês tenham gostado, pessoal! A tag fica em aberto para quem quiser responder, quem fizer isso, deixe o link das respostas nos comentários para eu conferir depois também, ok?! Boa sexta para vocês (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário